×

CUIDANDO DE QUEM CUIDA: A UTILIZAÇÃO DO SHIATSU COMO INSTRUMENTO DE CUIDADO AOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM RECIFE-PE.

Edição:

CUIDANDO DE QUEM CUIDA: A UTILIZAÇÃO DO SHIATSU COMO INSTRUMENTO DE CUIDADO AOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE EM UMA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM RECIFE-PE.

Resumo

Avaliou-se a Técnica Shiatsu no cuidado a um grupo de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em Recife, através da oferta, acompanhamento e avaliação por um mês.  O ACS nem sempre recebe atenção enquanto usuário do sistema de saúde, vindo a apresentar problemas de saúde, decorrentes ou não do trabalho, resultando em limitações ou afastamento do serviço. De onze participantes, sete tiveram seus dados analisados, já que quatro foram enquadrados nos critérios de exclusão. Realizaram-se oito sessões; duas por semana, cada uma com trinta minutos, a cada um dos participantes, priorizando as queixas principais. Os dados foram obtidos através de entrevista semiestruturada. A Escala Visual Analógica (EVA), referência na avaliação da dor (padrão ouro), foi aplicada ao início e final de cada sessão. A ansiedade foi referida por seis dos participantes como principal problema. Todos os participantes relataram melhoras em seus sintomas e/ou na qualidade de vida após o término do estudo. Constatou-se a eficácia da Técnica Shiatsu no alívio de dores e tensões físicas e/ou emocionais nos participantes. Assim, sugere-se a implementação de um programa monitorado da massagem como alternativa para cuidar dos cuidadores, já que, trata-se de algo viável economicamente, já que é comum o emprego de recursos financeiros para  a  melhoria da tecnologia, de máquinas,  de instalações  físicas, cursos  e produção, deixando-se, em regra, à margem  o ser humano. Por fim, como os estudos na área ainda são escassos, espera-se que novos estudos sejam realizados.

Palavras chave: acupressão; qualidade de vida;terapias complementares.

 

Abstract

The Shiatsu Technique was evaluated in the care of a group of Community Health Agents (CHA) in Recife, through the offer, monitoring and evaluation for one month. The CHA does not always receive attention as a user of the health system, having health problems, whether or not resulting from work, resulting in limitations or withdrawal from the service. Of eleven participants, seven had their data analyzed, since four were included in the exclusion criteria. Eight sessions were held; two a week, each with thirty minutes, to each of the participants, prioritizing the main complaints. Data were obtained through semi-structured interviews. The Visual Analogue Scale (VAS), a reference in pain assessment (gold standard), was applied at the beginning and end of each session. Anxiety was mentioned by six of the participants as the main problem. All participants reported improvements in their symptoms and / or quality of life after the end of the study. The effectiveness of the Shiatsu Technique was found to relieve physical and / or emotional pain and tension in the participants. Thus, it is suggested the implementation of a monitored massage program as an alternative to care for caregivers, since it is something economically viable, since it is common to use financial resources to improve technology, machines, physical installations, courses and production, leaving, as a rule, human beings at the margin. Finally, as studies in the area are still scarce, it is expected that further studies will be carried out.

Keywords: acupressure; quality of life; complementary therapies.

Sobre o Autor:

Caciano Ricardo Zacouteguy Fernandes1,  Luciana Bezerra dos Santos Cardoso2, Liliane Elise Souza Neves3, Vitor Jun Arai4.

1 Instituto de Medicina integral Prof. Fernando Figueira – IMIP, Recife, Pernambuco, Brasil.

2 Instituto de Medicina integral Prof. Fernando Figueira – IMIP, Recife, Pernambuco, Brasil..

3 Instituto de Medicina integral Prof. Fernando Figueira – IMIP, Recife, Pernambuco, Brasil.

4 Shen Estudos de Medicina Chinesa Recife, Pernambuco, Brasil.

 

Autor Correspondente

Caciano Ricardo Zacouteguy Fernandes

IMIP, Recife, Pernambuco, Brasil.

Rua dos Coelhos, 300 Boa Vista – Recife – PE, CEP: 50070-550.

E-mail: [email protected]