×

EFEITOS DE DIFERENTES TÉCNICAS DE LIBERAÇÃO MIOFASCIAL MANUAL ASSOCIADA À INSTRUMENTAL NO MANEJO DA DOR LOMBAR EM TRABALHADORES QUE PERMANECEM LONGO PERÍODO EM SEDESTAÇÃO

Taiane Faccio¹, Magali Teresinha Quevedo Grave²

1Graduanda em Fisioterapia. Universidade do Vale do Taquari – Univates, Lajeado-RS, Brasil. [email protected]

2Docente do curso de Graduação em Fisioterapia. Universidade do Vale do Taquari – Univates, Lajeado-RS, Brasil. [email protected]

Autor para correspondência:

Magali Quevedo Grave

Rua Avelino Talini, 171, Bairro Universitário, Lajeado-RS, Brasil.

Email: [email protected]

Edição:

Resumo

Lombalgia pode estar relacionada à obesidade, postura incorreta, nível insuficiente de atividade física, ergonomia inapropriada no trabalho, dentre outros. O estudo buscou identificar as incapacidades funcionais e os efeitos de técnicas manuais e instrumentais de liberação miofascial nos músculos quadrado lombar e paravertebrais, em relação ao manejo da dor lombar, em trabalhadores que permanecem longo período em sedestação. Estudo de casos múltiplos, de intervenção, exploratório, descritivo, de análise quantitativa. Participaram quatro funcionárias administrativas de uma Universidade, com idades entre 20 e 33 anos (média 23,5 anos) com dor lombar aguda. Aplicou-se questionário de identificação, escala visual analógica (EVA) e índice Oswestry 2.0 de incapacidade (IO). Cada participante (P) recebeu três sessões de liberação miofascial manual e instrumental através de duas técnicas semanais: Liberação miofascial manual (LMM) digital com deslizamento profundo + liberação miofascial instrumental (LMI) com Racer em paravertebrais (primeiro dia); LMM profunda com palma da mão + LMI com Racer no quadrado lombar (segundo dia) e LMM profunda com cotovelo e LMI com Handlebar nos músculos quadrado lombar e paravertebrais (terceiro dia). As participantes apresentaram diminuição no quadro álgico, independente da técnica. P1, P2 E P3 obtiveram melhores resultados com as técnicas aplicadas no segundo encontro; P3 e P4 com as do primeiro dia. P1, P3 e P4 apresentaram redução no IO e P2 manteve o percentual. Técnicas de LMM e LMI contribuem para redução da dor lombar aguda em trabalhadores que permanecem longo período em sedestação, auxiliando na melhora da capacidade funcional destas.

Palavras-chave: Lombalgia, Ergonomia, Trabalhadores,

Abstract

Low back pain may be related to obesity, incorrect posture, insufficient level of physical activity, inappropriate ergonomics at work, among others. The study attempted to identify functional disabilities and verify the effects of three instrumental techniques of myofascial release on the lumbar and paravertebral square muscles, related to the management of low back pain, in workers who remain seated for a long period. It is characterized as a study of multiple cases, of intervention, exploratory, descriptive, of quantitative analysis. Four university administrative employees, aged between 20 and 33 years (mean 23.5 years) with acute low back pain participated. An identification questionnaire, a visual analogue scale (VAS) and an Oswestry 2.0 disability index (IO) were applied. Each participant (P) received three sessions of manual and instrumental myofascial release through two techniques per week: Digital manual myofascial release (LMM) with deep gliding + instrumental myofascial release (LMI) with Racer in paravertebral (first day); Deep palm LMM + LMI with Racer in the quadratus lumbar (day one) and deep LMM with elbow and LMI with Handlebar in the quadratus lumbar and paravertebral muscles (day three). The participants 1showed a decrease in pain, regardless of the technique. P1, P2 and P 3obtained better results with the techniques applied in the second meeting; P3 and P4 with those of the first day. P1, P3 and P4 showed a reduction in IO and P2 maintained the percentage. LMM and LMI techniques contribute to reduce acute low back pain in workers who remain seated for a long period, helping to improve their functional capacity.

Keyword: Low back pain, Ergonomics, Workers, Instrumental