×

RELAÇÃO ENTRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO MOTORA EM PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO

Edição: ,

RELAÇÃO ENTRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO MOTORA EM PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO

RESUMO

O objetivo desse estudo foi verificar se existe relação entre a motivação para a prática de exercícios físicos e a orientação motora em praticantes de musculação. Foram utilizados o Inventário de Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas e/ou Esportivas – IMPRAF ­54 e o Questionário de Identidade Corporal (QIC). Participaram do estudo 46 praticantes de musculação, de ambos os sexos. Houveram correlações entre fazer atividades cíclicas, atividades complexas, em grupo, que tenham ritmo e música e esportes radicais com sociabilidade, competição, prazer e estética.  Na análise de regressão linear observou-se que as atividades com ritmo e música e atividades em grupo explicam 28,6% da motivação a sociabilidade. Atividades complexas e atividades em grupo explicam 38,8% da motivação a competitividade. Conclui-se que os praticantes de musculação analisados apresentam fatores de motivação específicos para a sua prática, com alguns deles sendo relacionados a diferentes orientações motoras.

Palavras-chave: Motivação; Orientação motora; Treinamento de resistência; Psicologia do esporte.

Relationship between motivation and motor orientation in bodybuilders

 

ABSTRACT

The objective of this study was to verify if there is a relationship between motivation and motor orientation in bodybuilders. The instruments used for the data collection were the Inventory of Motivation to the Regular Practice of Physical and / or Sports Activities – IMPRAF ¬ and Body Identity Questionnaire (QIC). Participating in the study were 46 bodybuilders, of both sexes. There were correlations between doing cyclic activities, complex group activities, having rhythm and music and extreme sports with sociability, competition, pleasure and aesthetics. In the analysis of linear regression it was observed that activities that have rhythm and music and group activities explain 28.6% of the motivation to sociability. Complex activities and group activities account for 38.8% motivation to competitiveness. It is concluded that the studied bodybuilders present specific motivation factors for their practice, with some of them being related to different motor orientations.

Keywords: Motivation; Motor orientation; resistance training; Sport psychology.

 

Sobre o Autor

Angela Maria Rocha1, Lucas Rafael Bagnara1, Isabely Rúbila Maciel1, Ana Fernanda Pompeu de Moraes1, Daline Machula1, Dayse Talita de Freitas1, Walan Robert da Silva2, Thiago Emannuel Medeiros2

1 Acadêmica (o) de Educação Física na Universidade Estadual do Centro- Oeste-UNICENTRO- Guarapuava-PR.

2 Professor de Educação Física, Programa de Pós Graduação em Ciências do Movimento Humano-UDESC-Florianópolis-SC

 

Autor correspondente:

Angela Maria Rocha

email: [email protected]