×

USO DE LED ASSOCIADO A FATORES DE CRESCIMENTO EM ÚLCERAS VASCULARES

Maria Teresa Bicca Dode1; Lediane da Silva Domingues2; Luisa Sampaio Lund2

1.Docente Centro de Ciências da saúde/Universidade Católica de Pelotas/RS/Brasil; 2. acadêmicas de fisioterapia Universidade Católica de Pelotas/RS/Brasil

Autor correspondente:

Maria Teresa Bicca Dode

Av. Fernando Osório, 1586 Três Vendas 960855-030 Pelotas/RS

Fone: (53) 2128-8510

[email protected]

Edição:

RESUMO

As úlceras crônicas são ocasionadas pelo fornecimento reduzido de sangue e pressão no corpo, causando um fluxo sanguíneo desequilibrado e assim, dificultando a cicatrização dos tecidos. Dentre os recursos fisioterapêuticos para a cicatrização podemos destacar o LED, com benefícios nas três fases da cura: inflamatória, proliferativa e remodelação da lesão. Junto à terapêutica de LED, os fatores de crescimento previnem ou promovem o desempenho genético das células-alvo nas alterações patológicas por meio da proliferação, diferenciação, migração e aderência. A aplicação tópica desses fatores tem demonstrado vantagem na cura. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito de um protocolo fisioterapêutico utilizando-se de LED associado aos fatores de crescimento no tratamento de úlceras venosas. Trata-se de um estudo de múltiplos casos que contou com uma amostra de seis participantes, havendo uma evasão. Os dados foram coletados através de anamnese criteriosa, foto documentação e escala visual analógica da dor com um protocolo de dez sessões aliando o LED junto ao fator de crescimento epidermal. Os resultados mostram que a combinação de LED e o fator de crescimento são favoráveis na redução e aparência da ferida, mas o autocuidado dos participantes com sua lesão afeta diretamente a evolução do quadro. A terapia mostrou-se uma modalidade terapêutica promissora para o tratamento de úlceras vasculares com bons resultados para a analgesia, aceleração da cicatrização e redução da extensão da ferida.

Palavras- chaves: úlcera vascular, fatores de crescimento, luz emitida por diodo, regeneração tecidual, fisioterapia dermatofuncional.

 

ABSTRACT

Chronic ulcers are caused by the reduced blood supply and pressure in the body, causing an unbalanced blood flow and thus, hampering tissue healing. Among the physiotherapeutic resources for healing we can highlight LED therapy, with benefits in the three healing stages: inflammatory, proliferative and remodeling of injuries. Along with LED therapy, growth factors prevent or promote the genetic performance of target cells through proliferation, differentiation, migration and adherence. The topical use of these factors has demonstrated an advantage in healing. The objective of this research was to evaluate the effect of a physical therapy protocol using LED associated with topical growth factors in the treatment of venous ulcers. This is a multiple case study that included a sample of six participants, with one loss. Data were collected through careful anamnesis, photo documentation and visual analogue scale of pain with a ten-session protocol combining the LED with the topical growth factors. The results show that the combination of LED and the growth factor are favorable in the reduction and appearance of the wound, but the self-care of the participants with their injury directly affects the evolution of the condition. Therapy proved to be a promising therapeutic modality for the treatment of vascular ulcers with good results for analgesia, accelerated healing and reduced wound extension.

Keywords: vascular ulcer, growth factors, diode-emitted light, tissue regeneration, functional dermato physical therapy.