×

VERIFICAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA EM ATLETAS DE FISICULTURISMO DE ALTO RENDIMENTO

Angela Caroline Giacomitti Cardoso1 Ana Claudia Vecchi Osiecki2

1 Discente do Curso de Educação Física – UniDomBosco – Curitiba – PR – BR

2 Professora Doutora do Curso de Educação Física – UniDomBosco – Curitiba – PR – BR

Autor correspondente:

Angela Caroline Giacomitti Cardoso

Endereço: Rua Padre Ancheita 2671- ap 402 Bigorrilho Curitiba-PR Brazil.

E-mail: [email protected]

Edição: ,

RESUMO

A pesquisa teve como objetivo verificar a qualidade de vida dos atletas de fisiculturismo de alto rendimento. Para tanto, a amostra foi composta por 30 atletas brasileiros, ativos, de ambos os sexos, que já tenham competido ao menos um campeonato de nível internacional. Para realização da coleta dos dados foi enviado via Google Forms o questionário de qualidade de vida Whoqol-Bref. Para apresentação dos resultados utilizou-se média, mediana, valores mínimos e máximos dos valores das respostas obtidas dentro de cada uma das facetas que o questionário aborda, seguindo as orientações do próprio grupo Whoqol. Entre os resultados obtidos todas as facetas pelo questionário empregado apresentaram média acima de 70, demostrando que a qualidade de vida dos atletas não se mostrou prejudicada. As avaliações ligadas a “dor e desconforto”, “dependências de medicamentos” e “sentimentos negativos” obtiveram valores abaixo da média, podendo ter ligação direta com a rotina de preparação dos estudados, sendo investigado pela literatura. Com tudo, pode-se concluir que a população estudada apresentou qualidade de vida satisfatória.

ABSTRACT

The research was aimed at verifying the quality of life of competitive bodybuilding athletes. Therefore, the trial consisted of 30 active Brazilian athletes of both sexes who had already participated in at least one championship at international level. To collect the data, the Whoqol-Bref Quality of Life Questionnaire was sent via Google Forms. For the presentation of the results, the mean, median, minimum and maximum values ​​of the responses obtained within each of the aspects to which the questionnaire is addressed were used, in accordance with the guidelines of the Whoqol group itself. Among the results obtained, all aspects of the questionnaire used had an average above 70, indicating that the athletes’ quality of life did not deteriorate. Ratings for “pain and discomfort”, “drug addiction” and “negative feelings” were below average, which may be directly related to the routine of preparation of the subjects studied in the literature. Summing up, it can be concluded that the studied population was characterized by a satisfactory quality of life.

Palavras-chaves: Fisiculturismo, Bodybuilding, qualidade de vida, esporte, alto rendimento.