×

DESENVOLVIMENTO MOTOR DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE INTERVENÇÃO BASEADO EM EXERCÍCIOS PRÉ-DESPORTIVOS

Edição: ,

DESENVOLVIMENTO MOTOR DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE INTERVENÇÃO BASEADO EM EXERCÍCIOS PRÉ-DESPORTIVOS

Resumo:

O atraso cognitivo apresentado pelas crianças com deficiência intelectual (DI) afeta diretamente a velocidade de aprendizagem, tanto cognitiva quanto motora. No entanto, nem todas as crianças com esse tipo de deficiência apresentam atraso no desenvolvimento motor. O objetivo do presente estudo foi analisar a diferença no desenvolvimento motor de crianças com deficiência intelectual (DI) que participaram de um programa de intervenção durante 10 semanas. A amostra do estudo consistiu de 47 crianças entre 7 e 12 anos, divididas em dois grupos: grupo intervenção (GI, n = 24) e grupo controle (GC, n = 23). O desenvolvimento motor foi avaliado pelo Test of Gross Motor Development-2. Após as 10 semanas de intervenção, o desempenho das habilidades motoras das crianças do GI melhorou de forma significativa, independentemente da idade, gênero e nível de intensidade da DI (p < 0,001). As crianças do GC não demonstraram aumento no nível de proficiência motora após o período. O programa de intervenção apresentou efeito positivo sobre o desenvolvimento motor das crianças com DI entre 7 e 12 anos de idade.

Palavras-chave: Habilidades Motoras. Deficiência Intelectual. Deficiências do Desenvolvimento. Desempenho Sensório-Motor.

 

Abstract:


The cognitive delay presented by children with ID directly affects learning speed, both cognitive and motor. However, not all children with this type of disability have a delay in motor development. The aim of this study was to analyze the difference in motor development of children with intellectual disabilities (ID) who participated in an intervention program for 10 weeks. The study sample consisted of 47 children between 7 and 12 years, divided into two groups: intervention group (IG, n = 24) and control group (CG, n = 23). Motor development was assessed by the Test of Gross Motor Development-2. After 10 weeks of intervention, the performance of motor skills of IG improved significantly, regardless of age, gender and ID level of intensity (p <0.001). GC showed no increase in motor proficiency level after the period. The intervention program had a positive effect on the motor development of children with ID between 7 and 12 years old.

Keywords: Motor Skills. Intellectual Disabilities. Developmental Disabilities. Sensory-motor performance.

Sobre o Autor

Leandro Martinez Vargas1, Gustavo Luis Gutierrez2, José Roberto Herrera Cantorani3, Luiz Alberto Pilatti4, José Irineu Gorla2

  1. Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, Brasil.
  2. Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, Brasil.
  3. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia (PPGECT), da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Instituto Federal de São Paulo, São Paulo, Brasil.
  4. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia (PPGECT), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Paraná, Brasil. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2.

 

Autor correspondente:

Prof. Dr. Leandro Martinez Vargas

Rua Francisco Ribas, 1012, Centro, Ponta Grossa, Paraná. CEP: 84010-260.

[email protected]