×

MINERAÇÃO DE DADOS PARA IDENTIFICAR FATORES ASSOCIADOS A QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

Edição:

MINERAÇÃO DE DADOS PARA IDENTIFICAR FATORES ASSOCIADOS A QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

RESUMO

Introdução. O envelhecimento gera impacto significativo na qualidade de vida. Objetivo. Descobrir padrões e indicadores de saúde de idosos institucionalizados que possam impactar na qualidade de vida destes. Metodologia: Estudo retrospectivo descritivo, utilizando um banco de dados, referente à funcionalidade (WHODAS 2.0 e Índice de Barthel), qualidade de vida (WHOQOL-bref), estado nutricional (MAN) e dados sociodemográficos de 82 idosos institucionalizados acima de 65 anos. Foram utilizadas 71 variáveis para a mineração de dados por meio da tarefa de classificação, com o algoritmo J48, na ferramenta Weka 3.6. Resultados. Prevalência de homens (62%), entre 71 a 80 anos (47,6%), solteiros (32,4%),com alta capacidade funcional, boa qualidade de vida e risco nutricional (56,1%). Identificou-se a importância do “sentido da vida” como preditor de qualidade de vida. Conclusão. Funcionalidade e nutrição foram correlacionadas à qualidade de vida. A relação do “sentido da vida” com a qualidade de vida esteve ligada a fatores como institucionalização, religiosidade e espiritualidade, sendo que estes aspectos podem ser melhorados por meio da psicologia aliada aos outros serviços de saúde que apoiem os idosos nas instituições numa perspectiva multidisciplinar.

Palavras-chave: Idoso. Instituição de longa permanecia para idosos. Qualidade de vida. Mineração de dados.

 

Abstract

Introduction: Aging can have an impact on the quality of life. Purpose: Use data mining for characteristics of the institutionalized elderly population that have an impact on quality of life. Methodology: A retrospective and descriptive study, using a database, referring to functionality (WHODAS 2.0 and Barthel Index), quality of life (WHOQOL-bref), nutritional status (MNA), and socio-demographic data of 82 elderly people aged over 65 and institutionalized, 71 variables were used to perform the data mining by means of the classification task with the algorithm J48 in Weka 3.6 tool. Results: Prevalence of male (62%), age between 71 to 80 years (47.6%), single marital status (32.4%), high functional capacity, high quality of life and nutritional status with nutritional risk (56, 1%). By data mining it was possible to observe the importance of the “meaning of life” as a predictor of quality of life. Conclusion: Functionality and nutrition were correlated with quality of life significantly, the relationship of the “meaning of life” with quality of life is linked to factors such as institutionalization, religiosity and spirituality and can also be a point to be improved through psychology and other health services that support the elderly within institutions.

Keywords: Elderly. Homes for the aged. Quality of life. Data Mining.

Sobre o Autor

Auristela Duarte de Lima Moser, Tauane Gomes Silva, Deborah Ribeiro Carvalho

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Programa de Pós-graduação em Tecnologia em Saúde

Curitiba / Paraná / Brasil

 

Autor correspondente:

Deborah Ribeiro Carvalho, Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho, Curitiba, Paraná. E-mail: [email protected]